O dia

Projeto de novo CAPS proposto por Vera da Farmácia é aprovado pela Agevisa

Obra irá proporcionar mais comodidade e conforto a servidores e usuários do sistema

A vereadora Vera da Farmácia (MDB) utilizou suas redes sociais nesta quinta-feira, 1, para anunciar a aprovação do projeto de construção do novo prédio de atendimento do Centro de Atenção Psicossocial de Vilhena (CAPS) por parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Agevisa).

De acordo com a vereadora, em conversa com a equipe de reportagem do site Gazeta Amazônica, o projeto nasceu através dela, que foi a Brasília e conseguiu um recurso de R$ 800 mil junto ao então senador Valdir Raupp (MDB).

Vera contou que a ideia de desenvolvimento do projeto surgiu de sua preocupação em proporcionar melhores condições aos profissionais ligados ao CAPS do município, além de garantir mais comodidade aos pacientes que necessitam deste tipo de atendimento. A vereadora relatou, ainda, que a participação dos colegas de parlamento foi imprescindível para a conclusão do projeto.

Ela relembra que era necessária uma contrapartida do município para complementar o recurso global da obra. “Juntamente com meus amigos vereadores destinamos através de Emenda Impositiva o valor da contrapartida de R$ 483.779,38 e R$ 10 mil da Prefeitura Municipal de Vilhena para que a obra possa ser concretizada”, ressalta.

A vereadora tem acompanhado de perto o desenvolvimento deste projeto a fim de acelerar ao máximo sua conclusão. “Temos diversos projetos em andamento e nossa meta é intensificar o ritmo de trabalho pra que possamos conclui-los o quanto antes”, arrematou a vereadora.

Etiquetas

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Fechar