O dia

Prefeito de Comodoro deve voltar ao trabalho depois de 13 dias internado

Vice estava acompanhando o prazo para solicitar posse no cargo

Os planos do vice-prefeito de Comodoro, Valdeir do Cartório (PRB) de assumir o comando da prefeitura por conta do afastamento do prefeito Jeferson Gomes (DEM) não deram certo. A equipe médica do hospital Santa Helena, onde Jeferson está internado, confirmou que ele deverá receber alta nesta segunda-feira, 11. Jeferson disse passar bem e o resultado dos exames realizados nos últimos dias mostram que ele está em condições de voltar à rotina.

O prefeito de Comodoro estava em tratamento para combater uma infecção na perna. Em decorrência disso, precisou passar por duas cirurgias, descobriu ser diabético e foi necessário tomar várias bolsas de sangue para conseguir ter o quadro clínico estabilizado.

O vice Valdeir tentou uma jogada para assumir o comando da prefeitura durante a ausência de Jeferson. Ao descobrir que o colega de chapa se ausentara para passar pelas cirurgias, procurou a imprensa para reclamar da sua sala e dizer que estava contando os dias para o prazo regimental que o empossaria como prefeito-interino até o retorno de Jeferson ao cargo. Nesta segunda-feira, completa-se 13 que Jeferson precisou sair da prefeitura para iniciar o tratamento médico.

A legislação diz que caso o prefeito precise afastar-se mais de 15 dias do mandato, o vice deve tomar seu lugar.

De acordo com informações do hospital, se o prefeito tivesse demorado mais alguns dias para buscar ajuda médica, poderia ter morrido em decorrência da diabetes – que não sabia que tinha – bem como por causa do avanço da própria bactéria – que estava alojada ente o músculo da coxa e o osso.

Artigos relacionados

Fechar