O dia

Dois homens são presos após “tocarem o terror” dentro de escola infantil

Vigia “sentou o dedo” depois que homens avançaram contra ele; um permanece foragido

A Polícia Militar de Rondônia prendeu dois dos três homens que invadiram no começo da tarde a escola infantil Joelma Rodrigues, no bairro Ronaldo Aragão, em Porto Velho. A PM contou com o apoio aéreo do Núcleo de Operações Aéreas (NOA) mas só conseguiram encontra-los com ajuda de moradores da região.

De acordo com o site Rondônia ao Vivo, da capital, a dupla estava escondida em uma residência e estavam com uma pistola calibre ponto 40, que também foi apreendida pelos militares. O noticioso conversou com o vigia que trocou tiros com os invasores da escola e o profissional de segurança relatou que atirou primeiro.

Ele contou, ainda, que o portão da escola estava aberto e que só achou estranha a presença do trio porque nunca os tinha visto por lá. De arma na mão, o vigia ordenou parada, mas o aviso não foi respeitado, foi quanto ele atirou.

Segundo o segurança, três disparos foram realizados por ele e os marginais correram.

DE OLHO NA ARMA

Policiais militares ouvidos pela reportagem do site Gazeta Amazônica relataram que esse tipo de atividade criminosa está se popularizando em Rondônia. Bandidos entram em grupo em determinado lugar onde há seguranças armados visando rendê-los para roubar suas armas de fogo. “Há ainda tentativa de roubar coletes à prova de bala, para aumentar a segurança dos marginais”, relatou o militar.

A PM segue no encalço do terceiro homem que ainda não foi preso.

Marginais tinham uma pista ponto 40 – foto: Rondônia Ao Vivo
Fonte
Fonte: Rondônia Ao Vivo
Etiquetas

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Fechar