DestaqueO dia

Acusação contra presidente da OAB do MT reascende debate sobre violência contra a mulher

Casos do mesmo tipo têm se tornado comum em Vilhena

O caso envolvendo o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Mato-Grosso, Leonardo Campos e a sua esposa, Luciana Póvoas requentou nesta semana a discussão acerca de casos relacionados à violência doméstica e agressões contra mulheres. De acordo com a versão da esposa, divulgada pela imprensa mato-grossense, a mulher estava preocupada com a falta de informações do marido (ele não respondia às mensagens e ligações enviadas) e assim que o filho do casal enviou mensagens ao pai pelo telefone da mãe, o advogado chegou logo em seguida.

Luciana Póvoas disse o marido aparentava estar embriagado e uma discussão entre o casal começou. O caso acabou indo parar na delegacia e iniciou uma briga de declarações entre ambos. O advogado nega que tenha agredido a esposa e que solicitou investigação do caso de forma transparente.

A mulher, no entanto, relata que o casamento havia ficado mais conturbado desde que o esposo assumira a liderança da OAB e que está fazendo tratamento psicológico para enfrentar a situação.

Pandemia e violência contra a mulher

Em Vilhena, policiais civis revelaram à Gazeta Amazônica que tem se tornado frequentes os registros de violência contra a mulher.  O número de casos é compatível com o período de pandemia causado pelo coronavírus.

O assunto, embora constrangedor pra maioria da sociedade, tem se tornado latente nas mesas de diálogos públicos. O Senado, por exemplo, criou o Observatório da Mulher Contra a Violência, um portal na internet que faz diversos trabalhos voltados ao assunto, um extrato da realidade acerca do assunto. Você pode conhecê-lo aqui.

 

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo