DestaquePolítica

Aos berros, deputado estadual “truca” MP e TCE e acusa órgãos de não permitir compra de hospital de campanha em RO

Parlamentar chegou a dizer que não é covarde e que prefere ir preso

Visivelmente transtornado, o deputado estadual Jair Montes (Avante) publicou vídeo em suas redes sociais através do qual ele questiona os posicionamentos do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO) e também o Ministério Público (MP) acerca da criação de um hospital de campanha para combate à covid-19 na capital, Porto Velho.

O deputado acusou os dois órgãos de proibir a aquisição do hospital. “Me falaram que o Ministério Público e o Tribunal de Contas proibiram a compra deste hospital. Agora o povo não tem pra onde ir. De quem é a culpa?”, questionou o deputado completamente exaltado.

Dizendo ter coragem, Montes disse que não tem medo de falar. “Eu prefiro ir preso por defender o povo, por defender a vida do que me permitir ser covarde”, disse aos berros em vídeo. Por fim, o parlamentar, com um tapa na mesa joga a responsabilidade do problema aos dois órgãos atacados por ele. “Ministério Público e Tribunal de Contas, e agora?”, questiona o deputado.

Veja abaixo vídeo publicado pelo canal Rádio & TV Informa Hora

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo