DestaqueO dia

É fumo: contrabandistas receberiam R$ 10 mil por carga de cigarro e estavam tentando driblar fiscalização em RO

No caminhão também havia quase 15 mil quilos de suplemento bovino

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) concluiu no início da tarde desta quarta-feira, 1, a ocorrência relacionada a apreensão de cigarros paraguaios que estavam sendo contrabandeados em um caminhão baú. De acordo com as informações oficiais o veículo foi parado por policiais para averiguação e então a carga foi encontrada. Os dois homens flagrados no veículo relataram que estavam apenas transportando a carga e que receberiam R$ 10 mil pelo serviço, valor que seria dividido entre ambos.

Os cigarros, que são de origem paraguaia, saíram de Goiânia (GO) e de acordo com os dois homens que estavam com a carga, pertencem a um sujeito chamado “Adriano”. Além do fumo, dentro do caminhão havia quase 15 mil quilos de suplemento bovino. As notas desta parte da carga não estavam carimbadas pelo posto fiscal e os dois relataram que vinham de Juína (MT) na tentativa de driblar a fiscalização da Secretaria de Estado de Finanças (Sefin) de Rondônia.

A dupla foi enquadrada por contrabando.

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo