Deu na WEB

As pessoas com as quais você convive podem te engordar, defendem especialistas

Estudo aponta que uma pessoa tem 57% a mais de chance de se tornar obesa tendo um amigo acima do peso

A especialista em saúde pública, Oyinlola Oyebode, professora da Universidade de Warwick, no Reino Unido, explica que a saúde das pessoas com quem convivemos afeta diretamente o nosso estado físico.

Em artigo publicado no site da BBC, Oyinlola afirma que é comum imitarmos maus hábitos de pessoas próximas como, por exemplo, fumar ou comer demais. “Esse fenômeno ajuda a explicar por que condições não contagiosas, como doenças do coração, derrames e câncer, parecem se espalhar de uma pessoa a outra como uma infecção”, sustenta.

Uma das evidências científicas seria o Estudo Cardíaco de Framingham (Farmingham Heart Research), liderado por pesquisadores de universidades como Harvard e Cambridge. O grupo de pesquisadores mapeia a influência das relações sociais na saúde das pessoas desde os anos 40, ao acompanhar três gerações de moradores da cidade de Framingham, em Massachusetts, nos Estados Unidos.

Entre outras coisas, os pesquisadores descobriram que temos mais chance de nos tornarmos obesos se alguém de nosso círculo íntimo for obeso. “Uma pessoa é 57% mais propensa a se tornar obesa se tiver como amigo ou amiga uma pessoa muito acima do peso. No caso de ter uma irmã ou irmão obeso, o percentual é de 40%. E se o parceiro for obeso, a chance é 37% maior de também ficar acima do peso”, enumera Oyinlola, a partir dos dados da pesquisa.

Fonte
Érica Montenegro/Metrópoles
Etiquetas

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar