DestaqueO dia

Asfalto da Avenida Rondônia “ganha” seus primeiros buracos

Pavimento tem inúmeras estrias, fato que pode ampliar o problema

Internautas usuários da Avenida Rondônia encaminharam fotos do asfalto recém instalado no local e que já apresenta alguns buracos, colocando em xeque a qualidade do serviço realizado. De acordo com a reclamação, em pelo menos dois trechos já existem buracos que colocam em risco o pavimento.

Ainda de acordo com os internautas, em alguns trechos do traçado há bacias onde empoçam água. Chama a atenção, também, nas imagens recebidas pelo site as inúmeras estrias (são fissuras muito estreitas causadas no pavimento que aos poucos vão se ampliando até romperem definitivamente o pavimento) que estão presentes em diversos pontos da avenida.

Em agosto deste ano, a Gazeta Amazônica noticiou a reclamação de moradores da redondeza (relembre AQUI) que estavam tendo problema ao estacionarem suas motos sobre o asfalto. O pezinho que dá sustentação ao veículo estava rompendo o pavimento apenas com o peso das motocicletas. À época, em nota, a assessoria do prefeito Eduardo Japonês (PV) relatou que um dos tipos de asfalto utilizado na obra, o Pré-Misturado a Frio (PMF) precisaria de pelo menos 60 dias de “cura”.

Ainda em nota da época, foi explicado que “antes desse período (de secagem ou cura como é conhecido), o asfalto, especialmente nos horários de pico da temperatura e de incidência solar, pode, sim, apresentar maior viscosidade do material em alguns pontos”, relatou a Secretaria de Comunicação (SEMCOM).

O site deixa espaço para que o prefeito ou a sua assessoria, caso tenham interesse em comentar sobre o assunto, se manifeste.

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo