Política

Ayel Muniz confirma ida para o PSD com objetivo de consolidar frente para as eleições municipais

Ayel foi um dos candidatos a deputado mais jovens do PSL em Rondônia

O ex-candidato a deputado estadual em Rondônia, Ayel Muniz, confirmou nesta segunda-feira, 2, sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD) em Porto Velho. Ayel, que era membro do PSL, então partido do presidente Jair Bolsonaro, pelo qual concorreu à presidência da república em 2018, se afastou da legenda após o racha que se evidenciou no segundo turno das eleições gerais que levaram o então candidato ao governo de Rondônia, Marcos Rocha, ao Palácio Rio Madeira.

As conversas já corriam nos bastidores desde novembro passado, e o ingresso de Ayel, na visão de partidários, o partido agora fará uma forte frente nas eleições municipais. “O Ayel é uma soma importante ao partido. Se ele nos escolheu, há grande possibilidade de crescimento partidário e vem para agregar com certeza” afirmou o partidário Alexandre Camargo.

Por telefone, Ayel não confirmou sua pré-candidatura para as próximas eleições, mas confirmou que vem preparando sua equipe caso seja necessário encarar a disputa. “Não quero colocar a carroça na frente dos bois, ainda não organizei uma plataforma de propostas compatíveis para 2020 e temos mais alguns meses até as primeiras convenções. Já havia reunido uma parte do nosso grupo e eles realmente estão animados com as possibilidades”, confidenciou.

Ayel é lembrado por seu envolvimento com a cooperação assinada entre a Prefeitura de Porto Velho e o Exército Brasileiro para o asfaltamento do bairro Mariana e São Francisco durante a gestão Hildon Chaves, as obras atualmente seguem sem denúncias de corrupção ou atrasos.

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo