O dia

GAECO e MP investigam executivos de frigoríficos e servidores públicos por possível esquema de propina

Base da operação diz respeito a pagamento de propinas para “vista grossa” em fiscalizações de ICMS

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), com apoio da Polícia Civil, deflagrou na manhã desta terça-feira, 3, a Operação denominada “Boi gordo”, destinada a investigar esquema de organização criminosa, envolvendo a prática de crimes contra a administração pública, a exemplo de crimes de corrupção ativa e passiva, falsidades ideológica e documental, dentre outros, em desfavor do Erário Estadual.

Por meio de conteúdo probatório aportado junto ao Ministério Público Estadual, revelou-se estrutura criminosa no Estado, envolvendo empresários do ramo de Frigoríficos e servidores públicos, a qual, durante anos, impediu fiscalizações do ICMS, e, assim, possibilitou a sonegação expressiva deste imposto, mediante pagamento de milhões de reais à título de propina.

Estão sendo cumpridos medidas de busca e apreensão nos Municípios de Ariquemes e Porto Velho.

Fonte
Da Assessoria
Etiquetas

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Fechar