DestaquePolítica

Empresa da família de vice-governador de RO é alvo de investigação da PF

Federais ainda estão em campo cumprindo mandados de busca e apreensão

Fontes da Gazeta Amazônica revelaram ao site na manhã desta terça-feira, 4, que uma das empresas investigadas pela Polícia Federal (PF) na operação Macchiato pertence à família do vice-governador de Rondônia, José Jodan, eleito pelo PSL.

Veja mais sobre o assunto aqui 

Os federais ainda estão em campo cumprindo 11 mandados de busca e apreensão nos municípios de Rolim de Moura e Alta Floresta D’Oeste.

De acordo com as primeiras informações a cerca do assunto, a operação é conjunta entre a PF e a Receita Federal. As investigações apontam que os acusados utilizavam “laranjas” para simular compra e venda de café.

A operação, de acordo com a PF, envolvia captação de pessoas e até mesmo criação de empresas fictícias para garantir a simulação da legalidade.

Ainda de acordo com a investigação, depois de diversas transações, essas empresas eram fechadas sem quitar suas obrigações tributárias.

A PF levantou que pelo menos R$ 94 milhões foram movimentados desta forma. As investigações continuam.

Policiais cumprindo mandados de busca e apreensão – foto: NEDSC

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo