Deu na WEB

Após ficar excluído de vacinação, Polícia Civil limita atendimento em todo Estado

Após serem excluídos do grupo prioritário de vacinação contra a covid-1, o delegado-geral da Polícia Civil do Estado de Rondônia, Samir Fouad Abboud, publicou uma portaria suspendendo atendimento ao público nas delegacias do Estado a partir desta segunda-feira, 05.

No final da última semana o priorizou policiais militares, rodoviários, bombeiros e exercito na vacinas para os grupos que integram a segurança pública no Estado.

O diretor-geral da PC do Estado baixou a portaria destacando que a “Polícia Judiciaria Civil não está entre as prioridades no rol das instituições da segurança pública para a vacinação contra o covid.

O casos específicos de urgência como homicídio, feminicídio, estupro, violência domestica e contra criança e adolescente, sequestro e cárcere privado, roubo, furto de veículo, casos em que possam ocorrer o perecimento da prova, exigindo imediata intervenção policial, autos de prisão em flagrante e remoção de cadáver e periciais médico-legais continuam sendo atendidos.

Fonte
Rondoniagora

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo