DestaquePolítica

Em nota, Larte Gomes comenta operação da PF na ALE-RO

Deputado diz que sua eleição para mesa foi uma das mais transparentes da história do legislativo

Depois de a Polícia Federal deflagra operação que visa o combate à corrupção em Rondônia, tendo o nome da Assembleia Legislativa do estado (ALE-RO) bem como a votação da presidência que culminou com a vitória de Laerte Gomes (PSDB), o deputado se manifestou publicamente sobre o assunto através de nota dizendo que a casa de leis está à disposição das investigações para todos os esclarecimentos necessários. Veja abaixo nota da íntegra.

***

A eleição da mesa diretora foi uma das mais transparentes dos últimos anos. Nossa eleição se deu com a soma de 23 votos dos nobres pares, que hoje nos ajudam de forma integrada a administrar os destinos desta Casa de Leis.

Esclareço que nenhum dos servidores citados no inquérito é lotado em meu gabinete.

Nossa gestão preza pela transparência, probidade e legalidade. O resultado está na economia de R$ 40 milhões nestes 11 meses à frente da Presidência da Assembleia Legislativa. Esses recursos retornarão aos cofres do Estado de Rondônia para melhor servir nosso povo.

Por fim, informo que a Assembleia Legislativa está à disposição das autoridades para qualquer informação necessária relacionada a investigações da Operação Feldeberg.

LAERTE GOMES

Presidente

 

Etiquetas

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar