O dia

2º trecho da BR-364 interditado causa mais transtornos ao rondoniense

Em menos de 60 dias, pontes que ligam a rodovia demonstram fragilidade e dificultam o deslocamento

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou a pouco que não previsão de quando o tráfego na região entre Jaru e Ariquemes da BR-364 será normalizado, após o desmoronamento de parta da rodovia sobre uma ponte que fica a cerca de 40 quilômetros depois do Município de Jaru.

Em diversos grupos de WhatsApp a informação já está circulando, inclusive vídeos registrando o acontecimento, causado pelo grande volume de chuva que caiu na região nesta quarta-feira, 6. O rio que corta a rodovia naquele trecho transbordou e levou a “cabeça” da ponte.

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) já foi acionado, porém não há posicionamento do órgão a respeito do assunto. O primeiro trecho da BR que já vem causando grandes transtornos tem como ponto o distrito de Riozinho, que pertence ao município de Cacoal.

A ponte que liga a rodovia está cedendo e o DNIT proibiu tráfego normal na região. Um grupo de operadores de “pare e siga” se divide em turnos para manter apenas um lado da ponte em uso por parte dos motoristas. Neste trecho também não há previsão de quando os trabalhos serão concluídos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo