Destaque

Preço do gás chega a R$ 120 em Rondônia e se torna o quarto mais caro do país

O preço do botijão de gás (13 quilos) registrou subiu 2,86% em Rondônia desde o mês de março, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), e em algumas cidades do interior já é possível encontrar a botija custando R$ 120.

Quanto ao preço médio (a média de valor entre preços de compras diferentes), em março o consumidor estava pagando R$ 98,17 pela botija. Já em abril o valor subiu para R$ 99,64 e, no último mês de maio, o preço médio saltou para R$ 100,98.

Para se chegar ao valor médio do botijão no estado, em março foram 160 estabelecimentos pesquisados. Em abril, a ANP fez a pesquisa em 132 locais e, no mês passado, em 126 pontos de venda.

Quarto gás mais caro do país

 

Segundo a ANP, com o preço médio de R$ 100,98 no mês de maio, o morador de Rondônia segue pagando atualmente pelo quinto gás mais caro do país.

Abaixo, veja o ranking dos estados:

  • Mato Grosso: R$ 107,86
  • Acre: R$ 103,76
  • Amapá: R$ 104,41
  • Roraima: R$ 102,65
  • Rondônia: R$ 100,98

Valor mínimo e máximo em Rondônia

Em março, a botija de 13 quilos mais barata no estado era vendida por R$ 88, enquanto a mais cara não passava de R$ 113.

Já no último mês de maio, a ANP afirma que a unidade mais barata no mercado estava sendo vendida por R$ 90, enquanto o preço máximo já chegava a R$ 120 no interior do estado.

Fonte
G1/RO

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo