DestaqueO dia

Necropsia de casal assassinado por inquilinos em Colorado do Oeste aponta que mulher foi vítima de asfixia mecânica

Causa da morte do marido não foi precisa. Cadáver apresenta golpe forte na nuca

A Gazeta Amazônica conversou agora a pouco com um integrante da equipe que atuou no caso relacionado ao assassinato do casal Dionelia Giacometti e Eldon Mai, ambos dentistas e pioneiros do município de Colorado do Oeste. Os corpos do casal foram encontrados nesta terça e com sinais de grande violência empregada na execução.

Veja mais sobre o caso aqui 

A necropsia dos corpos foi concluída por volta das 20:30h desta terça e constatou que Eldon Mai recebeu uma pancada muito forte na cabeça, na região da nunca, causada por algum objeto pesado. A pessoa que participou dos trabalhos explicou que o autor do assassinato pode ter utilizado um martelo ou equipamento semelhante para golpear a vítima.

A causa morte de Eldon, de acordo com o participante da necropsia, não ficou muito clara. “O que se vê é que ele foi amordaçado, há esta pancada muito forte na nuca e ele também foi enterrado”, disse a fonte da Gazeta Amazônica.

A conclusão da causa morte de Dionelia, no entanto, é asfixia mecânica. “Ela estava com uma corda de nylon enrolada no pescoço. Ela também foi enterrada, porém o que mais chocou é que os dedos indicadores e polegares de ambas as mãos foram decepados. O autor do crime utilizou arames como torniquetes nos dedos. E a impressão que se tem é de que foi utilizado alicate para apertar o arame”, explicou a pessoa.

O participante da necropsia relatou que é possível que o casal tenha sido executado ainda no domingo, 5, quando eles sumiram. “Pelo estágio de decomposição dos corpos, acredito que havia mais de 48 horas que eles haviam sido mortos”, relatou.

Veja mais sobre o caso aqui 

O caso

Autores dos crimes levaram os policiais até onde os corpos estavam – foto: NEDSC

O casal sumiu no domingo, 5, da casa onde moravam no Centro de Colorado do Oeste. Dionelia e Eldon alugaram a edícula da propriedade para um casal, que desde o início do desaparecimento estava sendo tratado como suspeito, tendo em vista a dinâmica do caso.

Na manhã desta terça-feira, 7, todas as autoridades policiais estavam em alerta na procura do casal. No final da manhã, no entanto, o primeiro corpo foi encontrado entre o município de Corumbiara e o distrito de Alto Guarajus; tratava-se do corpo de Dionelia.

O corpo de Eldon foi encontrado logo em seguida próximo ao município de Chupinguaia. A descoberta dos cadáveres só foi possível porque a Polícia Rodoviária Federal (PRF) conseguiu interceptar o veículo que pertencia ao casal.

No automóvel estavam o homem, a mulher e uma criança de sete anos. Ao serem indagados acerca do automóvel, o homem (as identidades do casal não foram reveladas até então) acabou confessando o crime e aceitou levar os policiais até os locais onde os corpos foram enterrados.

A mulher que estava no carro era procurada pela polícia por tráfico de drogas.

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo