O dia

Veja detalhes de confusão que terminou com execução de PM em Vilhena

Investigação aponta que policial foi derrubado por um homem e o outro atirou em seguida

Findadas as buscas pelos dois homens apontados como autores da execução do cabo da PM, Gilberto Passos, a policia divulgou o nome do segundo homem acusado de participar do crime: trata-se de Sandro Ferreira da Silva.

De acordo com as primeiras informações acerca do caso, o motivo do homicídio teria sido uma discussão por causa de um terreno. Passos teria ido ao local da tragédia acompanhado de seu irmão.

Os dois acusados da morte também são irmãos (Cledivaldo Ferreira da Silva e Sandro Ferreira da Silva). Segundo as investigações, durante a discussão, Cledivaldo teria sacado uma arma de fogo e Passos também sacou sua arma.

Neste momento, Sandro teria derrubado o policial no chão e Cledivaldo teria efetuado disparos contra a vítima, que conseguiu correr até do local, mas caiu logo em seguida.

Passos morreu antes de chegar ao hospital Regional de Vilhena.

Sandro Ferreira é acusado de derrubar o policial no chão antes de ser alvejado

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo