Deu na WEB

Crise na Bolívia: 22 feridos após confrontos violentos em Cochabamba

Confrontos violentos foram registrados em Cochabamba entre agricultores e plantadores de coca, seguidores do Movimento Socialismo (MAS) e membros da chamada ‘Resistência da Juventude de Cochala’. A Ouvidoria confirmou que há 22 feridos e negou o registro dos mortos.

Esta instituição estatal explicou que há 11 feridos em Quillacollo e o restante na capital de Cochabamba.

A luta ocorreu inicialmente perto da sede do partido oficial do governo, na praça Busch, onde estava agendada uma prefeitura. E por volta do meio dia, a violência eclodiu nas avenidas Ayacucho e Heroína.

Os motoqueiros da resistência juvenil se opõem à continuidade de Evo Morales, enquanto os seguidores do presidente estão discutindo por sua continuidade no poder.

Existem vários vídeos publicados em redes sociais que mostram a violência com que os dois lados agiram com pessoas detidas e ameaças de agressão àqueles que tiveram a audácia de gravar esses episódios com seus telefones celulares.

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar