O dia

Vídeo: enterro de militar executado em Vilhena reúne multidão e é marcado por homenagens

Gilberto Passos foi velado no 3° Batalhão da Polícia Militar

O clima de comoção marcou o enterro do Cabo da Polícia Militar, Gilberto Santos Passos, de 39 anos, nesta quinta-feira, 8, no Cemitério Municipal Cristo Rei, em Vilhena.

Amigos, familiares e colegas de profissão se emocionaram durante o enterro do Cabo Passos, que foi executado a tiros pelos irmãos Cledivaldo Ferreira da Silva e Sandro Ferreira da Silva. O primeiro é apontado como autor dos disparos que matou a vítima.

Centenas de pessoas participaram do último adeus ao cabo da PM, entre elas familiares, amigos e colegas de profissão. Salva de tiros e toque militar fúnebre, ritual da polícia, também foram realizados em homenagem à história do militar.

Os dois homens apontados como autores do homicídio foram presos horas depois do crime.

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo