Deu na WEB

Possível nova febre do ouro movimenta redes sociais e desperta sonhos de riqueza fácil

Vídeos sobre um novo ponto de extração em Pontes e Lacerda começam a ser pulverizados

Vem ganhando as redes sociais mais uma possível febre do ouro na região Pontes e Lacerda, município mato-grossense que fica a pouco mais de 313 quilômetros de Vilhena. De acordo com os vídeos que já estão circulando pelos grupos do aplicativo de relacionamentos WhatsApp imagens de possíveis garimpeiros ocupando um morro ainda sem localização precisa demonstra que a notícia se espalhou rapidamente e a esperança por fortuna fácil ainda movimenta muitas pessoas.

Em 2015, centenas de pessoas deixaram seus afazeres – algumas inclusive se desfizeram de bens materiais para investir na aventura – se seguiram para Pontes e Lacerda numa verdadeira enxurrada de pessoas em busca da riqueza repentina. À época a serra do Caldeirão, que fica a pouco mais de 20 quilômetros do perímetro urbana foi ocupada por garimpeiros e aventureiros em busca da pedra preciosa.

O “mapa da mina” está sendo pulverizado por esses vídeos e o caminho é o mesmo que 2015, a diferença, segundo os exploradores que registram tudo pelas redes sociais é que o foco do ouro, desta vez, é mais promissor. Alguns entusiastas chegam a dizer que é possível retirar 10 quilos de ouro por buraco na região.

Ainda não há relatos de que as autoridades públicas já foram acionadas acerca do assunto. Da última vez, uma grande operação foi montada para retirar os garimpeiros da região.

 

Etiquetas

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Fechar