DestaqueO dia

Policiais penais interceptam serras que seriam utilizadas para fuga do presídio em Vilhena

Alguém se aproximou da cerca e lançou um pacote ao pátio da unidade; pessoa não foi localizada

Um grupo de policiais penais do Centro de Ressocialização Cone Sul interceptaram na madrugada desta quinta-feira, 9, um objeto lançado para dentro da unidade prisional em Vilhena.

De acordo com o diretor do local, Dirceu Martini, por volta das 1:40h, um policial penal que se estava na guarita B, viu uma pessoa se aproximando da cerca e logo depois arremessou um objeto para dentro do presídio.

De imediato, os agentes interceptaram o objeto e encontram  dois celulares, vários pedaços de serra de cortar ferro, um cabo USB, três pacotes de tabaco, massa durepoxi, três chips e um isqueiro.

O diretor informou que as serras seriam utilizadas para uma tentativa de fuga por um grupo de detentos da unidade prisional. “Elas seriam utilizadas pelos apenados serrar as grades e o durepoxi para disfarçar a ferramenta de corte durante as inspeções diárias que são feitas na unidade prisional, mas graças um trabalho dos agentes de plantão  conseguimos visualizar essa ação e impedir que esses materiais chegassem às celas”, frisou .

Os policiais penais ainda tentaram realizar buscas nos arredores do presídio, mas não conseguiram localizar  a pessoas que lançou os objetos. Todo material apreendido foi encaminhados à Unidade Integrada de Segurança Pública de Vilhena (Unisp).

 

 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo