Cultura e entretenimentoDestaque

Vera da Farmácia convida comunidade para participar do “Plantão Psicológico” gratuito

Evento é uma atividade do “Janeiro branco” o mês-base de combate às doenças da mente

Está previsto para este domingo, 12, na praça Nossa Senhora Aparecida, a partir das 15h, um encontro desenvolvido por um grupo de psicólogos que estarão no local para conversar com a população. A ideia é desenvolver uma série de atividades que marcam o “janeiro branco”, projeto de lei de autoria da vereadora Vera da Farmácia (MDB) e que vem sendo desenvolvido pelo município de Vilhena, que cedeu os profissionais para a realização das atividades.

Vera explicou, em conversa com a reportagem da Gazeta Amazônica, que a ideia surgiu diante da necessidade de desmistificar os problemas relacionados à saúde mental, principalmente o combate à depressão, doença que já considerada o mal do século. “Quero convidar a população para este encontro. É necessário conscientizarmos as pessoas acerca da importância da saúde mental até mesmo para termos uma sociedade mais saudável”, comentou.

Ao longo do mês de janeiro, outras atividades relacionadas ao tema serão realizadas em Vilhena. “Queremos tornar o mês de janeiro a mola propulsora para o combate das doenças da mente, por isso a participação da comunidade é essencial , de modo que os profissionais engajados no trabalho possam de fato contribuir com a nossa comunidade”, disse.

Vera da Farmácia agradeceu o apoio da prefeitura de Vilhena, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semus). “O vereador tem poucas ferramentas para executar suas ideias. A ajuda do prefeito Eduardo Japonês e do secretário Afonso Emerick para a realização deste projeto é de fundamental importância, e por isso agradecemos ao executivo pelo empenho neste projeto”, arrematou a vereadora.

Etiquetas

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar