DestaquePolítica

Coincidência ou não, deputado anunciou com exclusividade operação da PF em Rondônia

Coronel Chrisóstomo chegou a dizer que a PF iria agir a seu pedido

O deputado federal Coronel Chrisóstomo (sem partido) fez uma afirmativa que chamou a atenção de quem assistiu sua última transmissão ao vivo compartilhada pelas  suas redes sociais, datada do dia 5 de junho. Tecendo várias críticas contra o governador Marcos Rocha (sem partido) e criticando as decisões tomadas pelo chefe do poder executivo estadual acerca do combate ao coronavírus, o parlamentar disse que a Polícia Federal (PF) iria iniciar algum tipo de investigação em Rondônia.

Veja mais sobre o assunto aqui 

O que chamou a atenção é que o vídeo gravado pelo deputado foi publicado dias antes da PF de fato “dar uma batida” na Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) de Rondônia. “Tem muita coisa errada acontecendo, a PF vai bater aí. Vai porque eu pedir”, disse o deputado. Coincidência ou não, o parlamentar deixou a entender que as ações aconteceriam na Sesau, onde exatamente está concentrado o foco da operação dos federais.

Deputados porta-vozes da PF

No dia 26 de maio, a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) também anunciou com exclusividade durante uma entrevista a uma rádio operação da Polícia Federal. Segundo ela, na entrevista, iria iniciar batidas contra governadores por supostos indícios de corrupção na saúde. Naquele momento, a PF deu o bote no governo do estado do Rio de Janeiro.

 

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo