Especial

Melhorias em BR-315 pode abrir mercado com 2.5 milhões de consumidores para RO

Celeridade na regularização fundiária poderá dobrar área de produção no estado

Através de sua assessoria de comunicação, o senador Acir Gurgacz (PDT) reiterou sua defesa acerca de melhores condições de infraestrutura para o estado de Rondônia. Em pronunciamento feito em defesa da agricultura, o senador disse que é necessário reestruturar com urgência as rodovias federais 319 (que liga a Manaus) e 364, que é a principal veia do estado.

Em seu entendimento, a primeira rodovia precisa urgentemente de melhorias para que a produção rondoniense possa atender parte do Amazonas, até sua capital, Manaus. Em suas pesquisas, o senador relatou que este é um mercado de aproximadamente 2.5 milhões de pessoas, o que resulta em mais consumo da produção hortifrutigranjeira e consequente mais venda para o estado de Rondônia.

Em outra análise, o parlamentar voltou a defender a importância da regularização fundiária, não apenas em Rondônia, mas em todo território correspondente à Amazônia Legal, que representa 61% do território brasileiro. Acir engrossou os pedidos de ações céleres neste sentido justamente a fim de potencializar a produção, garantir mais postos de trabalho sem necessariamente aumentar o índice de desmatamento.

O Senador reiterou que o estado de Rondônia, por exemplo, pode dobrar sua produção de grãos, pecuária e agricultura familiar com agilidade na regularização fundiária e recuperação de áreas degradadas. Em seus cálculos, Rondônia tem aproximadamente 8 milhões de hectares nestas condições, e caso o estado consiga promover regularização, obviamente não será necessário desmatar mais áreas para expansão de produção.

 

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo