DestaqueO dia

Delegado fala à imprensa sobre o caso onde sobrinho teria matado tio a facadas, em Vilhena

Corpo foi encontrado na noite de ontem (09) enterrado embaixo de uma calçada no quintal da residência do suspeito.

Um homem de 28 anos foi detido na noite da última quarta-feira, 09, suspeito de matar a facadas Nilton César Santos do Nascimento, de 43 anos, tio do acusado.

Na manhã desta quinta-feira, 10, em coletiva à imprensa o Delegado Regional da Polícia Civil Fábio Campos, falou sobre o crime.
De acordo com o delegado, a corpo foi localizado na noite de ontem enterrado no quintal da residência do suspeito, localizada na Avenida Neide Maria Fantin Pires, bairro Marcos Freire, em Vilhena.

A reportagem, o delegado, explicou que na terça, 08, a Polícia recebeu uma denúncia anônima, e de posse das informações na manhã de quarta, os policiais foram à casa do suspeito e o questionaram sobre o tio, já no final da tarde do dia em questão, o suspeito se apresentou na Delegacia da Polícia Civil confessando o crime e alegando legitima defesa.

Em seu depoimento a Polícia, ele contou que no dia 28 de agosto de 2020 estava em um churrasco com a família em sua residência, e que ele e alguns parentes juntamente com Nilton teriam consumido álcool. Em dado momento a vítima teria passando a agir de forma inconveniente.

O crime teria ocorrido quando os dois estavam sozinhos na casa, a vítima foi atingida por golpes de faca nas costas e no pescoço, sendo enterrado no quintal, o local chegou a ser concretado, feita calçada e colocada uma churrasqueira, porém somente no dia 04 de setembro de 2020 foi comunicado a Polícia o desaparecimento da vítima pela família.

Segundo o delegado o prazo é de 10 dias para concluir a investigação, pois não basta ele ter confessado. O suspeito, que alegou ter agido sozinho, poderá ser acusado e julgado por homicídio qualificado, e caso condenado a pena prevista é de 12 a 30 anos de reclusão.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo