Política

Marcos Rocha manda recado: “Qualquer ato de corrupção, será voadeira no pescoço”

Em postagem, governador disse ser soldado e que está em missão

O Governador de Rondônia, Marcos Rocha (PSL) utilizou suas redes sociais para mandar uma mensagem, ainda que indireta, sem citar nomes, a respeito do combate à corrupção e a politicagem.

Citando o presidente Jair Bolsonaro, Rocha disse que está encarando o governo como uma missão, e que cortou regalias porque entende administração pública de forma diferente do que era praticado (ao que se refere às gestões antigas).

Confira abaixo postagem do governador:

***

Boa noite, Rondônia!

Como já disse, sou eu quem falo diretamente por aqui. Em semanas assim, com muitas ações chaves, falho em comunicar neste canal adequadamente. Entretanto, prefiro assim, falando diretamente, sem filtro.

Demarcarei importantes posicionamentos nas próximas linhas para deixar claro o que penso e o que estamos fazendo.

— Sou totalmente contra o valor da energia elétrica que pagamos.

— A Energisa é uma empresa privada. Não é mais de competência Federal. A privatização aconteceu em 2018, no governo Temer.

— Não foi nossa administração (minha e do Presidente) que fez o contrato de privatização da empresa. Existem duas possibilidades: o contrato permitiu brechas para o exorbitante reajuste ou a empresa está descumprindo o acordado.

— Jamais vou tomar partido de uma empresa privada. Reafirmo: eu e o presidente trocamos nossa paz para cumprirmos esta missão. Todas as pessoas de bem que confiam na gente, sabem disto. É CLARO que TEM GENTE “contrariada” que deseja tirar proveito de mazelas e inventar mentiras para crescer nela. Cortei muitos privilégios. Não estou aceitando negociatas pois sei que prejudicam a população. Tenho sido austero nos gastos para garantir um Estado sério e eficiente. Estou aqui unicamente para servir nossa gente, sem POLITICAGEM.

— Não tenho a habilidade de comunicação do presidente, mas os objetivos são os mesmos. Apesar da pressão que recebo para me mudar, ainda estou morando no mesmo apartamento de sempre, com a Luana e meus filhos. Abri mão de regalias. Não tenho sede pelo poder. Na realidade me incomoda o quanto as pessoas mentem apenas para se beneficiarem politicamente.

Mas, repito: sou soldado e estou em missão. Vou cumpri-la de maneira digna e exemplar. Aceitei esse chamado atendendo um pedido do presidente e o desejo das pessoas de bem que confiaram em nós e colocaram os rumos desse estado em minhas mãos. Deus está conosco. Com todos que optam pela retidão! Seremos vitoriosos!

— Em sendo verificado qualquer ato de corrupção, favorecimento ou envolvimento em ilicitudes, será VOADORA NO PESCOÇO, TÁ OKEY? Exoneração e processo jurídico. PUNIDO de modo exemplar. Somos o primeiro governo estadual a lançar um Pacote AntiCorrupção próprio. Um dos que mais ampliaram a transparência em tão pouco tempo de gestão. Sou o governador mais alinhado com o Ministro Sérgio Moro e a Ministra Damares Alves, para cumprirmos uma cartilha de redução de crimes do colarinho branco, crimes contra crianças e crimes comuns.

— Se entrego o Estado às velhas práticas, haveria muita gente deste grupo lançando confete e estendendo o tapete vermelho para o governo. Mas isso é EXATAMENTE o que não vou fazer.

Boa noite a todos. Vamos com Deus!

Fonte
Texto em negrito: Marcos Rocha

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo