DestaqueO dia

Mais um caso confirmado de coronavírus em Vilhena

Total vai a 15

Vilhena registrou um novo caso confirmado de covid-19 nesta quarta-feira, 13. Além disso, houve 13 novos casos suspeitos.

Ao mesmo tempo, houve 9 resultados negativos. Desta forma, Vilhena marca até as 20h de hoje: 15 casos confirmados, 25 casos suspeitos e 108 descartados. Há atualmente 10 casos ativos em Vilhena, ou seja, que podem transmitir a doença, visto que 5 já estão curados.

O novo caso confirmado é um homem de 24 anos. Os novos casos suspeitos desta quarta-feira são 8 mulheres de 21, 23, 24, 31, 43, 47, 49 e 70 anos de idade, bem como dois homens de 23, 31, 33, 51 e 69 anos.

Por sua vez os casos negativos são 7 mulheres de 31, 32, 43, 46, 55, 55 e 70 e dois homens de 31 e 44 anos. Não há nenhum caso internado atualmente e todos estão com recomendações expressas de cumprir isolamento domiciliar, pois apresentam apenas sintomas leves.

A Prefeitura de Vilhena decreta nesta quarta-feira, 13 de maio, o nível de Emergência em Saúde Pública na cidade, o mais alto dos três níveis de alerta instituídos pela lei municipal n° 5.285.

A mudança foi publicada no Diário Oficial de Vilhena, na tarde de hoje, através do decreto n° 49.273, assinado nesta manhã pelo prefeito Eduardo Japonês.

O documento, que entra em vigor em 18 de maio, traz também novas regras para restringir a circulação de pessoas entre as 11h da noite e 5h da manhã, bem como impedimentos de entrada em Vilhena para viajantes com sintomas de covid-19 que não morem no município.

Todos que apresentarem sintomas de gripe devem ligar para os números: 3321-4338 (das 7h às 13h e das 15h às 17h) ou 98442-1163. Denúncias de descumprimento de normas de Saúde podem ser feitas pelos números: 190 (24h) ou 3322-1936 (7h às 17h30).

Tabela com os casos de pacientes infectados – foto: Semcom
Fonte
Da Assessoria

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo