DestaqueO dia

Bebê de 33 dias morre em Vilhena

Criança deu entrada na unidade de saúde engasgada

Um bebê de 33 dias morreu nesta semana horas depois de dar entrada no Hospital Regional de Vilhena. De acordo com as informações de parentes, a criança deu entrada na unidade de saúde porque havia engasgado com água. A direção da unidade de saúde explicou que uma verdadeira força-tarefa foi montada para prestar o atendimento necessário. O bebê foi entubado e uma equipe do centro cirúrgico prestou auxílio no procedimento devido ao tamanho da criança.

A diretoria da unidade de saúde explicou que todo o tipo de procedimento possível foi realizado em Vilhena, e uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea foi acionada para levar a criança para uma unidade com mais recursos que o Hospital Regional. A aeronave, no entanto, não pôde posar no município por estar fora do horário permitido, momento em que foi conseguido realizar o agendamento do voo.

Os profissionais envolvidos na operação relataram que o transporte do bebê ficou agendado para as 6h do dia seguinte, porém às 3h da manhã a criança não resistiu e morreu. O diretor do Hospital Regional, Faiçal Akkari confirmou que todo o suporte médico disponível em Vilhena foi oferecido ao bebê na tentativa de salvá-lo. “Foi tudo o que era possível. O bebê ficou sob observação, mas infelizmente em âmbito hospitalar a gente não consegue salvar todo mundo que chega. É uma tristeza, mas temos que aprender a aceitar os desígnios de Deus”, comentou.

 

Etiquetas

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Fechar