Destaque

Deu trabalho pra PM e é acusado de tentar atropelar policiais durante fuga em SUV de luxo

Acusado é filho de advogado e militares precisaram atirar contra pneus

A Polícia de Trânsito da (P-Tran) da capital, Porto Velho, teve muito trabalho na noite deste sábado, 15, com o filho de um advogado que, segundo os militares envolvidos na operação, tentou lhes matar atropelado. O caso começou no Centro da cidade, entre a Avenida Dom Pedro II com a Rua Euclides da Cunha.

De acordo com os militares, a SUV Land Rover dirigida pelo rapaz estava sobre a calçada do hotel de trânsito do Exército Brasileiro. Os policiais estavam fazendo o auto de infração quando o motorista chegou e entrou no veículo. De acordo com os militares, ele saiu do local arrancando e desrespeitou a ordem de parada, sendo necessário os policiais saírem correndo da frente do carro para não serem atropelados.

Uma intensa perseguição aconteceu e quando os policiais alcançaram novamente a Land Rover, o motorista mais uma vez teria tentado atropelar os militares envolvidos na operação, que dispararam cinco vezes contra os pneus do veículo de luxo. O motorista ainda seguiu com o carro e conseguiu despistar os militares. Uma denúncia anônima confirmou que o veículo havia sido estacionado na garagem de um escritório de advocacia no Centro da cidade.

Apenas o pai do condutor apareceu e apresentou os dados do filho, que não foi encontrado.

Etiquetas

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Fechar