DestaqueO dia

PRF checa carga de cimento e acaba descobrindo transporte de produtos sem nota fiscal

Caminhoneiro disse que iria entregar os artigos em Rondônia e no Acre

Uma patrulha da Polícia Rodoviária Federal (PRF)  interceptou um caminhão modelo bi-trem que trafegava pela BR-364 na manhã desta terça-feira, 16, na BR-364 em Vilhena. O condutor do veículo disse aos policiais que estava transportando uma carga de cimento e apresentou a nota fiscal do produto.

Os policias solicitaram que as lonas dos dois semi-reboques fossem parcialmente abertas para que fosse averiguada a carga. Após subirem no caminhão, os policiais perceberam que além do cimento, o caminhoneiro também carregava grande quantidade de artigos de confecções de cama, mesa e banho.

O motorista relatou que os artigos foram comprados em Goiânia e seriam distribuídos em cidades de Rondônia e Mato-Grosso. Uma equipe da Secretaria de Estado de Finanças (Sefin) foi acionada para fazer a contagem unitária dos produtos. Em cinco horas de trabalhos, a equipe de auditores fiscais contabilizou 5785 unidades do produto transportado sem nenhum tipo de nota fiscal.

 

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo