DestaqueO dia

Polícia Ambiental flagra máquina da Semagri construindo tanque de peixes sem licenciamento ambiental

O caso aconteceu na tarde desta quinta-feira, 16, em propriedade rural na linha 135, em Vilhena.

A Polícia Militar Ambiental flagrou uma máquina da prefeitura Secretária Municipal de Agricultura (Semagri), construindo tanque de peixes em uma área sem licença ambiental.

O caso aconteceu na tarde desta quinta-feira, 16, em propriedade rural na linha 135, em Vilhena.

De acordo como o boletim de ocorrência, uma equipe da PA em patrulhamento no local informado, na entrada da linha Carevel, flagrou em um chácara, no lote 80, uma escavadeira hidráulica de propriedade da Semagri construindo dois tanques para piscicultura.

Em ato continuo, os policiais ambientais fiscalizaram o local e constataram um crime de dano ambiental por se localizar nas margens do Rio Piracolino.  Além disso, notaram que o proprietário havia bosqueado na mata, e havia colocado pneus de contenção na margem do rio e espalhando areia com a finalidade de construir uma área de lazer.

Em seguida, os militares solicitaram para o dono da propriedade as licenças ambientais, porém o mesmo disse que a licenças estariam com a engenheira que havia adquirido na Secretária Municipal de Meio Ambeinte (Semma)

Os policiais ao questionar o operador da máquina sobre a obra, ele informou que estaria realizando o serviço na ordem do secretário Jair Dornelas, através do programa “Porteira Adentro”.

Os policiais registraram a ocorrência por destruição e danificação de floresta e o proprietário da chácara foi informado de que deveria apresentar as licenças no quartel da Polícia Militar Ambiental. Contudo, em dia e horas o mesmo compareceu alegando que de fato não possuía licença nem para a construção dos tanques, tampouco para a alteração da mata ciliar.

Diante dos fatos, o chacareiro foi atuado por crimes ambientais o caso foi registrado na Delegacia da Polícia Civil de Vilhena.

 

Fonte
Redação

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo