DestaqueO dia

Coronavírus: governador decreta estado de emergência; cinemas, teatros e academias devem suspender atividades temporariamente

Objetivo é conter a proliferação do vírus no estado

O Governador de Rondônia, Marcos Rocha (PSL) assinou decreto número 24.871\2020 através do qual decreta situação de emergência no âmbito da saúde pública do estado. O foco é a tentativa de evitar uma proliferação do Coronavírus (Covid-19) em Rondônia.

No decreto do governador apresenta uma série de restrições, inclusive o fechamento temporário de cinemas, teatros, academias de ginástica, além de cancelamento de eventos que reúnam mais de 100 pessoas em todo território estadual.

O documento relata, ainda, que servidores estaduais que chegaram de viagem das regiões onde há registros do Coronavírus nos últimos cinco dias, ou que devam chegar nos próximos dias, deverão, com sintomas da doença, deverão ficar em quarentena; aqueles que não apresentem os sintomas deverão, de acordo com o decreto “desempenhar, em domicílio, em regime excepcional de teletrabalho, pelo prazo de 14 dias, a contar do retorno ao Estado, as funções determinadas pela chefia imediata, respeitadas as atribuições do cargo ou do emprego, vedada a sua participação em reuniões presenciais ou a realização de tarefas no âmbito da repartição pública, ficando ao cargo da chefia imediata analisar o caso para autorização”, diz o texto.

Veja decreto completo no decreto abaixo

decreto-número-24.871-covid-19

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo