Política

Ida de Japonês ao DEM gera instabilidade entre partidos e legendas aliadas

Correligionários temem falta de engajamento político futuro por parte do prefeito de Vilhena

Depois de publicar matéria relatando a possibilidade de o prefeito Eduardo Japonês (PV) migrar para o Democratas, membros do partido que atualmente é liderado pelo senador Marcos Rogério entraram em contato com a equipe de reportagem e confirmaram que o prefeito de Vilhena está mesmo de malas prontas para deixar a legenda que atualmente é liderada pelo deputado estadual Luizinho Goebel – padrinho político de Japonês e responsável por fazer dele prefeito de Vilhena.

Contudo, sua vinda não está sendo muito bem aceita por correligionários. Comenta-se, inclusive, que o ex-senador Expedito Junior, aliado de primeira hora de Marcos Rogério não gostou da novidade partidária. Comenta-se nos bastidores da política que o ex-senador de Rondônia não vê com bons olhos o fato de alguém abandonar suas bases políticas para buscar novos postos.

Expedito, inclusive, teria chamado atenção de Marcos Rogério quanto a possibilidade de Japonês sequer “abraçar” sua eventual candidatura ao governo do estado, justamente porque demonstra desinteresse coletivo abandonando o PV. “A responsabilidade é toda sua”, teria dito o tucano mor.

Japonês vem apostando alto na continuação de projetos relacionados ao programa Pró-Transporte – do Governo Federal – que começaram a ser executados na gestão do então prefeito Rover (PP). Tão alto a ponto de não se preocupar em desenvolver projetos próprios, apenas dando continuidade ao que já vinha sendo feito.

O Senador Marcos Rogério tem conhecimento da quantidade de asfalto que o projeto prevê e pode estar apostando na consolidação deste trabalho e por isso teria homologado o convite.

 

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo