O dia

Desafio do café é uma boa pedida para adaptar o paladar

Nutricionista propõe uma boa alternativa para incentivar mudança de hábitos alimentares das pessoas

A nutricionista Djniffer Santini é a mais nova parceira do site Gazeta Amazônica. Ela topou o desafio de tornar esta página eletrônica uma fonte diária de boas notícias e referências para novos hábitos. Falando nisso, a nutri propõe o desafio do café, através do qual aquele que aceitar a proposta poderá conquistar um leque de novos sabores. Acompanhe aí:

Você sabia que a retirada do açúcar da rotina diária não serve só para quem procura emagrecer? E retirar da rotina serve para crianças, idosos e adultos magros também? Reduzir o consumo de açúcar é o primeiro passo para mais saúde.

Apesar de termos sensores para quatro sabores em nossa língua (doce, salgado, amargo e azedo) insistimos em usar somente dois: doce e azedo! Isso é um desperdício!

Lancei o desafio do café há cerca de um ano e ele tem dado muito certo para o primeiro passo. A ideia é beber o café amargo por cinco dias, mas não vale tomar menos do que o usual só pra fugir do gosto.

Se no sexto dia você ainda tiver necessidade do doce, pode voltar a adoçá-lo! E isso vale para o chocolate e outros alimentos amargos! Nosso paladar é extremamente adaptável, mas tem que haver a tentativa.

Este é o primeiro passo: confira mais detalhes para mudar os hábitos alimentares, através do meu Instagran: https://www.instagram.com/p/Bsqk1Eohmob/

Artigos relacionados

Fechar