DestaqueO dia

Cerca de 282 PM garantiram a segurança na Eleição Municipal no Cone Sul

Antes de irem para os 61 locais de votações os militares participaram de uma preleção a qual foram instruídos sobre a segurança das eleições, conforme orientado pela Justiça Eleitoral.

No último domingo (15) Policiais Militares do 3º BPM efetuaram o policiamento da Eleição Municipal 2020 em toda região do Cone Sul. Além do policiamento ordinário, guarnições específicas e apoio de militares da capital garantiram a segurança dos eleitores, sendo todos os procedimentos realizados de acordo com as normativas de combate ao Coronavírus (Covid-19).

Operação Eleições 2020

Antes de irem para os 61 locais de votações os militares participaram de uma preleção a qual foram instruídos sobre a segurança das eleições, conforme orientado pela Justiça Eleitoral. Os sete municípios abrangidos pelo 3º BPM são Cabixi, Cerejeiras, Chupinguaia, Colorado do Oeste, Corumbiara, Pimenteiras do Oeste e Vilhena.

Além do policiamento ostensivo ordinário, foram empregados no dia das eleições cerca de 282 militares especificamente para o policiamento da eleição, sendo divididos em missões específicas como realizar a segurança das autoridades eleitorais, dos locais de votação, local de custódia de detidos, sede do Fórum eleitoral, bem como nas vias públicas com concentração de pessoas. Tudo isso com o objetivo de coibir e reprimir o cometimento de ilícitos eleitorais.

Alterações

Os militares receberam diversas denúncias sobre crimes eleitorais, às quais foram feitas averiguações e abordagens veiculares e a pessoas. Ao todo foram confeccionados 31 Autos de Infração de Trânsito estaduais, 04 remoções de motocicletas e um recolhimento de Carteira Nacional de Habilitação.

Em Vilhena foram registrados dois boletins por violar ou tentar violar o sigilo do voto; um por realizar boca de urna no dia da eleição e um por realizar propaganda política de qualquer natureza no dia das eleições, totalizando 06 pessoas presas. Em Chupinguaia foram conduzidas 04 pessoas por fornecer alimento ou transporte coletivo de eleitores.

Em Colorado do Oeste três pessoas foram conduzidas por dar, oferecer, prometer, solicitar, receber, para si ou para outrem, dinheiro ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto; além de ser confeccionado um boletim pela realização boca de urna. Em Cerejeiras uma pessoa foi conduzida por realizar boca de urna e desacato, e outra pelo cometimento de furto.

Assessoria do 3º BPM

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo