DestaqueO dia

Tráfico de Drogas: Ação da PM nos bairros Assossete e 5°BEC resulta  na prisão de 2 pessoas em Vilhena 

Na manhã da quarta-feira (18) Policiais Militares do 3º BPM realizaram a prisão de duas pessoas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas e o roubo de motocicletas na cidade de Vilhena. Junto dos agentes também foram encontrados uma submetralhadora de fabricação artesanal, entorpecentes e rádios de comunicação.

Ocorrência

A Polícia Militar obteve informação que o agente V. S. era suspeito de ser fornecedor de drogas e mandante de roubos de motocicletas na cidade. Duas casas eram utilizadas por ele para guardar e distribuir os entorpecentes, sendo uma no bairro Assossete e outra no 5º BEC.

O agente utilizava uma motoneta para realizar a entrega em diversas “bocas-de-fumo” na cidade e, durante o trajeto de uma dessas entregas, a guarnição de serviço o localizou, determinou a parada, mas ele empreendeu fuga. Então foi iniciado um acompanhamento ao suspeito, que foi alcançado pelos Policiais Militares. No momento da abordagem o agente se desfez de uma porção de substância semelhante à pasta base de cocaína, com cerca de 09 gramas.

Na sequência os militares se deslocaram à residência do bairro 5º BEC e, durante a revista, localizaram 1531 gramas de substância análoga à pasta base de cocaína; 04 invólucros de 18 gramas da mesma substância; uma cartela com 10 munições calibre 380; 10 cartuchos calibre 38 e dois capuzes estilo “balaclava”.

Em seguida as equipes de policiais se deslocaram até a outra residência, localizada no bairro Assossete na qual a estava, A. M. S, esposa do suspeito. Em revista ao interior do imóvel foi encontrada uma arma tipo submetralhadora artesanal calibre 380 com carregador municiado com 11 munições calibre 380; uma pistola de ar comprimido; um silenciador tipo artesanal e 03 rádios de comunicação.

A polícia recebeu a informação de que o agente V. S. buscava o entorpecente na cidade de Costa Marques e utilizava rádios de comunicação para o serviço de “batedor” no percurso e, inclusive, em abril deste ano o agente foi conduzido por crime de tráfico de entorpecente quando passava pela BR 429, em Seringueiras.

Diante dos fatos os agentes foram conduzidos à Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) e apresentados à autoridade policial, juntamente com os objetos apreendidos.

Assessoria do 3º BPM

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo