Destaque

Rogério Golfetto diz que economia do legislativo deve ser prática comum na administração pública

Vereador foi um dos que conquistaram o benefício à população de Vilhena

O vereador Rogério Golfetto (Podemos) também comemorou um dos grandes feitos da atual legislatura de Vilhena: a devolução de R$ 2,2 milhões ao executivo frutos de economia feita pelos vereadores nos três anos de mandato. Através da tribuna, o parlamentar ressaltou a importância deste feito porque mostra que os novos parlamentares estão de fato comprometidos com a mudança da política local.

Em conversa com a Gazeta Amazônica, o vereador destacou que esse processo de economia não é apenas algo temporário, mas que precisa ser adotado como prática comum do legislativo. “Todos os vereadores precisaram apertar os cintos e abrir mão de alguns benefícios de modo que a economia fosse possível. Restou comprovado que é possível desenvolver um bom trabalho e ainda utilizar o recurso público de forma transparente e consciente”, opinou o vereador.

Golfetto, que é comerciante, sabe bem a importância de se gerenciar recursos com sabedoria. “É preciso levar em consideração cada gasto, por menor que seja. Assim saberemos o quanto realmente estamos ganhando, neste caso economizando. A economia se faz pouco a pouco como aconteceu no legislativo vilhenense”, arremata.

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo