Cultura e entretenimentoDestaque

Feira “Aquarela Amazônica” reuniu trabalhos de 12 artistas de RO

A feira contou com trabalhos de vários segmentos como pintura, escultura, ilustração e fotografia.

A primeira edição da Feira Aquarela Amazônica foi realizada de forma virtual entre os dias 15 a 19 de março e reuniu trabalhos artísticos de 12 artistas de Rondônia.

O projeto da feira foi coordenado pelo agente cultural Bruno Cristian Vuolo Machado e teve como objetivo valorizar os talentos e a cultura de Rondônia. A exposição contou com trabalhos de artes visuais de artistas do Estado de vários segmentos como da pintura, escultura, ilustração e fotografia.

De acordo com Bruno, a feira contou com trabalhos dos pintores Flávio Dutka, Grácia Benelli, Maria Lemos, Solange Lima, Maria Andrade, Leonice Guilhermon, Carla Paulik, do fotógrafo Washington Kuipers, do escultor Marcos de Souza, e dos desenhistas ilustradores Felipe Martini, Lola Veiga, Bru Mary.

O projeto foi contemplado no edital Nº 80/2020/SEJUCEL-CODEC –1ª Edição Pacaás Novos do Edital de Chamamento Público para Difusão de Festivais, Mostras e Feiras Artísticas e Culturais, no Eixo III Feiras Culturais de Artesanato e Artes Visuais – Plataformas de Exposições Virtuais -Item V Artes Visuais , com recursos Governo do Estado de Rondônia/SEJUCEL/FEDEC/RO, por meio da Lei Federal 14.017/2020 (Lei Aldir Blanc) Governo Federal.

Bruno ressaltou que a feira também teve como objetivo promover a integração e o desenvolvimento social, contribuir também para preservar a memória regional, valorizando a arte, cultura e historiografia, a cidadania e o patrimônio cultural de Rondônia além de oferecer momentos de lazer e cultura para as pessoas que acessaram a plataforma da feira.

Durante a live de lançamento da feira foi oferecido uma oficina de produção de fotografia com certificação para os participantes.

Bruno explicou que a feira foi realizada de forma virtual para respeitar a quarentena decretada pelo Governo de Rondônia devido à pandemia do COVID-19, respeitando assim as normas de segurança para evitar a proliferação da doença.

“Agradeço a todas as pessoas que acessaram a plataforma e prestigiaram os trabalhos apresentados”, disse Bruno.

Fonte
Redação

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo