DestaqueO dia

Pastor que ficou entubado no Hospital Regional de Vilhena morre com suspeita de coronavírus

Embora apresente sintomas da doença, resultado de exames ainda não chegaram ao município

Servidores do Hospital Regional de Vilhena confirmaram no final da manhã desta segunda-feira, 22, a morte do pastor evangélico Daniel Pereira Ramos, de 47 anos, que estava com diversos sintomas da covid-19.

De acordo com informações extra-oficias, o exame para constatação da doença ainda não chegou do Laboratório Central de Rondônia (Lacen), entretanto todos os procedimentos clínicos relacionados à doença foram tomados em relação aos cuidados com paciente, inclusive após a constatação da morte.

Ainda de acordo com servidores do Hospital Regional, o pastor deu entrada na unidade algumas vezes e chegou a estar entubado na UTI. Familiares do religioso ouvidos pela Gazeta Amazônica acreditam que a vítima estava com a covid-19, porém não há, ainda, exames que confirmem a doença, muito embora os sintomas fossem compatíveis.

Caso confirmado o resultado para coronavírus, esta será a 5ª morte em decorrência da doença registrada em Vilhena.

 

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo