DestaqueDeu na WEB

PM acaba com reunião política clandestina e enquadra 10 por causa da aglomeração

No grupo havia um menor

A Polícia Militar de São Felipe do Oeste (município da zona da mata de Rondônia com pouco mais de seis mil habitantes) acabou com uma reunião política clandestina que acontecia em uma rádio do município.

Onze pessoas, dentre elas um menor, foram flagrados no encontro mesmo havendo proibição de qualquer tipo de aglomeração em ambiente público ou privado em decorrência da proliferação do coronavírus no Estado.

Os militares conseguiram acabar com o evento por conta de uma denúncia. Os maiores irão responder processo judicial por descumprimento do decreto do governador Marcos Rocha.

Faça o que eu digo, mas…

O próprio governador de Rondônia promoveu uma série de aglomerações nos últimos dias com as entregas de aparelhos respiradores a alguns municípios de Rondônia, desrespeitando que ele mesmo determinou em seu decreto.

Em que pese o fato de o cerimonial do governo ter alocado cadeiras com distanciamento, em Vilhena, por exemplo, o número de pessoas por metro quadrado foi muito maior do que estabelecido pelo decreto municipal.

As pessoas que participaram da solenidade usavam máscaras, havia álcool em gel disponível, porém (pelo menos em Vilhena) houve a presença de moradores da capital, Porto Velho e também de outros municípios do Estado, a exemplo de São Miguel do Guaporé. Tanto Porto Velho quanto São Miguel, estão no topo da lista com o maior número de infectados pelo coronavírus no Estado de Rondônia.

 

 

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo