DestaqueO dia

MP investiga diversas denúncias sobre irregularidades na saúde de Colorado do Oeste

Órgão quer a criação do REMUNE para que a população possa saber o estoque de medicamentos adquiridos e gerenciados pelo Município

O Ministério Público do Estado de Rondônia (MP-RO) através da comarca de Colorado do Oeste ingressou com uma Ação Civil Pública (ACP) contra a prefeitura e o titular da Secretaria Municipal de Saúde Gilmar Vedovoto Gervásio, a fim de que o município disponibilize – além de garantir a eventual publicidade em meios de comunicação e sua atualização – a Relação Municipal de Medicamentos Essenciais (REMUME).

A medida, de acordo com o promotor de justiça Thiago Gontijo Ferreira, tem como finalidade a obtenção do fornecimento de fármacos com maior universalidade e equidade. A ACP surgiu através de outras investigações que chegaram ao MP sobre a falta de medicamentos na rede municipal de saúde. O órgão também investiga a manutenção dos equipamentos do hospital municipal, falta de um almoxarifado central, falta de infectologista, além de recebimento e distribuição irregular de medicamentos.

Profissionais ligados à área da saúde – ouvidas pela reportagem da Gazeta Amazônica – defendem a instalação do REMUNE porque o programa é um meio eficiente de se traçar um perfil epidemiológico da população, além da padronização e regularização de estoque. Na ação movida pelo MP, o promotor observa situações semelhantes e destaca que o programa pode, inclusive, reduzir o número de ações judiciais cuja finalidade é a garantia de medicamentos via Sistema Único de Saúde (SUS).

O site não conseguiu contato com a prefeitura de Colorado do Oeste, nem com o titular da Secretaria de saúde. Em tempo, o veículo de comunicação se coloca à disposição para que – caso haja o interesse – os citados na matéria possam apresentar suas versões.

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo