DestaqueO dia

Festa em Cabixi reúne empresários, servidores públicos e até professores durante a quarentena; PM foi acionada

Evento revoltou alguns moradores que questionam posicionamento

Um grupo de moradores do município de Cabixi entrou em contato com a equipe de reportagem da Gazeta Amazônica para fazer um questionamento acerca da insensatez das pessoas que não estão seguindo as orientações do município (as quais são pautadas, também, em critérios técnicos das autoridades de saúde dos governos do estado, federal e até mesmo da Organização Mundial de Saúde) no combate ao coronavírus.

Um dos membros do grupo enviou ao site a foto de uma festa que aconteceu na Agrovila, bem próximo ao perímetro urbano, no último dia 19, na chácara de um empresário morador de Cabixi. De acordo com a mensagem, o evento reuniu dezenas de pessoas justamente em período de quarentena, quando todo tipo de aglomeração de pessoas está proibido.

“Vi que é tudo gente rica que foi festar. Vi que tinha criança, gente de idade, dono de comércio, gente que trabalha na prefeitura, no hospital, professora e até da Emater também”, disse outra pessoa que testemunhou o encontro. A Polícia Militar (PM) foi acionada e,  de acordo com o grupo de comentou a situação, nem mesmo o som o dono do imóvel se dispôs a baixar, chegando até mesmo, de acordo com as informações, a ser ríspido com os policiais.

O site tentou contato com a PM em Cabixi, mas até o fechamento desta matéria não havia conseguido contato com a base no local. As medidas de restrições sociais estão válidas no município de Cabixi.  O comércio foi reaberto, mas com critérios rigorosos de higiene. Atividades que envolvam aglomerações de pessoas ainda permanecem proibidas. As  aulas no município também foram interrompidas.

Etiquetas

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar