Destaque

Em polemica das casas populares, vereador e ex-prefeita acusam Adailton Fúria de descumprir acordo com Legislativo

Um assunto que vem rendendo conversa e desgaste ao prefeito de Cacoal,  Adailton Fúria (PSD), relativo a suspensão de sorteio para entrega de 300 casas populares no final da gestão passada teve mais desdobramentos esta semana.

Em áudio postado no grupo que integra pessoas que foram contempladas,  o vereador Paulo Henrique (PTB) ele fala que ainda no início da semana,  quando lhe cabia homologar ou não o sorteio de dezembro passado,o atual prefeito convocou a Câmara para tratar a questão.

Na ocasião,  onze dos doze vereadores assinaram documento dando suporte para que Fúria pudesse encaminhar pedido de reconsideração ao ministério do Desenvolvimento Regional, movimentado o processo.

O problema, de acordo com Paulo Henrique,  é que o documento foi engavetado pelo prefeito, que não quer dar prosseguimento ao trâmite, mantendo o impasse.

A ação é considerada pelo vereador,  assim como pela ex-prefeita Maria Simões (PR), como total desrespeito ao Legislativo.

A ex-prefeita,  que já foi vice-presidente da Câmara Municipal,  afirmou também em áudio postado no mesmo grupo que o prefeito “fez os vereadores de bobos”, e desmoralizou o Parlamento,  algo que não é aceitável.

Ouça os áudio

Fonte
Assessoria/Oobservador

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo