Cultura e entretenimento

Espetáculo de dança produzido por vilhenenses será exibido em festival organizado pela Funarte

"Maculelê: Reconstruindo o Quilombo" foi premiado no Festival Funarte Acessibilidança e fica disponível em vídeo com Libras.

Será exibido nesta quarta-feira(23) a partir das 20 horas (horário de Brasília), no Festival Funarte Acessibilidança o espetáculo de dança em vídeo “Maculelê: Reconstruindo o Quilombo”, que foi produzido pelos produtores culturais vilhenenses Washington Kuipers, Andréia Machado e Marcio Guilhermon.

O espetáculo foi premiado pela Fundação Nacional de Artes – Funarte no Prêmio Festival Funarte Acessibilidança Virtual 2020.

O espetáculo de Rondônia, será exibido pelo canal da Funarte no YouTube, com intérprete de Libras e conta com 10 dançarinos de Vilhena(RO). A montagem configura um conjunto de danças afro-brasileiras como o maculelê, o jongo e a capoeira, repleto de música, energia e alegria.

Segundo Andréia Machado, a apresentação tem como objetivo contribuir para a preservação e a valorização da cultura de afrodescendência, por meio do resgate do valor da herança cultural ligada a essas danças.

O espetáculo de dança “Maculelê Reconstruindo o Quilombo”, foi produzido por membros Associação Cultural, Educação, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Diversidade Amazônica (ACEMDA) e do Ponto de Cultura e Mídia Livre Serpentário Produções que trabalham com projetos culturais que valorizam a cultura em Rondônia.

“Estamos muito felizes com a exibição do espetáculo que foi produzido em Vilhena. Agradecemos a todos os colaboradores deste projeto, desde os dançarinos ao figurinista, iluminador e a intérprete de libras, todos estão de parabéns”, disse Andréia Machado.

Sobre o festival

O festival conta com espetáculos de todas as regiões do Brasil. No concurso, foram premiados 25 projetos de vídeos de espetáculos, que promovem o acesso de todas as pessoas à arte. O objetivo do processo seletivo é valorizar e fortalecer as expressões da dança brasileira, bem como fomentar a democratização, a inclusão e a acessibilidade.

Com a iniciativa, a Funarte busca realizar novas ações a partir do uso das mais recentes tecnologias, estendendo, assim, um novo modelo para todo o Brasil. O coordenador de Dança da Fundação, Fabiano Carneiro, destaca a importância de se levar essa linguagem artística à população, durante o período de distanciamento social. “Estamos estreando o Festival Funarte Acessibilidança, um projeto inédito com foco na acessibilidade e na inclusão. Ao longo dos próximos meses, serão apresentados espetáculos de dança das cinco regiões do Brasil, plenamente acessíveis ao público, contemplando uma enorme diversidade na sua programação”, explica o coordenador.

Mensalmente, serão exibidas as montagens premiadas de cada uma das cinco regiões do Brasil, por meio do canal da Funarte no YouTube (www.youtube.com/funarte). As ações também serão divulgadas no Portal da instituição e em suas redes sociais. No decorrer das apresentações, o coordenador de Dança da Fundação, Fabiano Carneiro, participará de uma “live”, com diretores e artistas de dança, além de convidados.

O festival foi lançado no dia 16 de junho. Os projetos contemplados nas demais regiões do país serão exibidos em seguida, com novas sessões liberadas todas as quartas-feiras, no decorrer do segundo semestre.

O Festival Funarte Acessibilidança pode ser acompanhado gratuitamente no canal: www.youtube.com/funarte. Os vídeos ficarão disponíveis no canal da Funarte no YouTube após a exibição.

Via
Andreia Machado

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo