Destaque

Advogado vilhenense morre aos 34 anos vítima de Covid-19

Sergio estava internado no HRV e estava sendo transferido para outro estado, mas no caminho, não resistiu e acabou falecendo.   

Faleceu na noite desta quarta-feira, 24, advogado vilhenense  Sergio Antonio Bergamin Júnior, 34 anos, vítima da Covid-19.

Sergio estava internado no Hospital de Vilhena há vários dias e estava sendo transferido para outro estado, mas no caminho,  não resistiu e acabou falecendo.

Familiares e colegas da OAB lamentaram a morte do advogado  nas redes sócias. Ele  deixa esposa e uma filha.

Junior como era chamado por próximos era filho do casal pioneiro Sergio Bergamin e Claudete Ferranti, proprietários da escola de inglês e informática Pasword, localizado no centro de Vilhena.

Fonte
Redação

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo