Destaque

Delegado revela motivos de assassinato de mãe de PM; namorado foi o autor do crime

o homicida fazia tratamento contra esquizofrenia, porém há três meses não ia ao posto de saúde e nem tomava a  medicação

O delegado de Polícia Civil, Núbio Lopes, responsável pela Delegacia Especializada na Repressão de Crimes Contra Vida (DERCCV), apresentou na manhã desta sexta-feira, 26.

Trata-se do crime contra Maria Teresa Resna, mãe do policial militar Odair de Aguiar Resna, ocorrido no dia 16 de fevereiro no distrito de Novo Plano, em Chupinguaia.

De acordo com Núbio, apurou-se, a principio o principal suspeito seria P.B.P.; de 57  anos, conhecido na região por “ Baco Baco” , de ter desferido um golpe de paulada  na cabeça da vítima, ferimento este  que causou uma lesão no crânio e em seguida sua morte.

Contudo, no decorrer das investigações e diligencias na região com apoio da Polícia Militar de Novo Plano, descobriu-se  que a vítima mantinha um relacionamento com um segundo suspeito, sendo este identificado com as iniciais  T.R.N, de 36 anos.

No local do crime,  a Polícia Técnica localizou a prótese dentaria da vítima e um chinelo que pertencia T. Além disso, testemunhas informaram a polícia, que no dia crime teria visto o acusado T.R., correndo atrás da vítima.

Com os elementos levantados pela investigação, o delegado levantou a suspeita que T. seria o autor do crime contra Maria Teresa e após ser interrogado , o T.  confessou ser o homicida e revelou que matou a vítima devida uma serie de problemas no relacionamento entre ambos.

O Delegado ainda informou que, T.R., fazia tratamento contra esquizofrenia, porém há três meses não ia ao posto de saúde e nem tomava a  medicação prescrita para o seu caso.

O acusado “Baco Baco”, denunciado  no inicio das investigações como  o principal autor do crime, a polícia descobriu que ele teria sido a única testemunha do assassinato contra Teresa

Ele em seu  seu depoimento disse aos policiais  que T. era o verdadeiro assassino e teria  ficado calado por medo,  que o homicida

Delegado Núbio durante a coletiva

tentasse também contra sua vida.

O mandado de prisão contra T. foi cumprido na quinta-feira, 25 e aguardara o julgamento.

Fonte
Por: Petter Vargas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo