Destaque

PC conclui inquérito e duas pessoas são indiciadas em tentativa de homicídio contra empresário vilhenense

O delegado de Polícia Civil, Núbio Lopes, responsável pela Delegacia Especializada na Repressão de Crimes Contra Vida (DERCCV), apresentou mais uma caso elucidado  manhã desta sexta-feira, 26.

Trata-se do crime da tentativa de homicídio contra o proprietário da Casa de Carne Boi Na Brasa, Adenilto Tenório,  ocorrido no dia 15 de dezembro, na Avenida Melvin Jones, no bairro Cristo Rei em Vilhena.

De acordo com o delegado,  no dia do ocorrido, uma jovem deu entrada no Hospital Regional de Vilhena com um ferimento de bala na perna e relatou a Polícia Militar, que estava passando na frente do referido estabelecimento quando foi atingida por uma bala perdida.

Entretanto, Núbio detalhou em analises das imagens de segurança do açougue, foi comprovado que os disparos ocorreram do lado de fora o para dentro do estabelecimento.

Nubio disse ainda, após os disparos a empresário sem revidar   se trancou  na câmera fria do açougue e que no momento não havia passado nenhum suspeito na avenida.

Diante disso, o delegado informou que a jovem de fato havia sido ferida naquele dia que o empresário havia sido baleado e o autor dos disparos havia sido a o próprio namorado da jovem.

Com as informações levantadas da jovem, Núbio detalhou que a polícia chegou  a identidade do suspeito de ter atirado sendo este L.S.P., namorado da jovem e também autor dos disparos contra o comerciante a mando de um homem identificado com as inicias C.E.C., conhecido por “Baleia Rosa”

O jovem ao ser indiciada para prestar depoimento, ela  revelou que o tiro acertado no seu pé foi dado pelo namorado L.S., de forma acidental dentro da sua residência.

O mandante do crime “ Baleia Rosa”, foi capturado e logo em seguida o autor dos disparos. O responsável pela delegacia de homicídios confirmou que ambos estão presos preventivamente.

Via
Por Petter Vargas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo