Deu na WEB

Preço de leite apresentado pelo Conseleite não agrada produtores, greve continua

O preço referencial apresentado pelo Conselho Paritário de Produtores e Indústrias de Leite do Estado de Rondônia (Conseleite) não agradou, e a greve dos produtores de leite continua em Rondônia.

Há mais de 2 semanas, 70% da classe deixaram de entregar o produto aos laticínios causando prejuízos à cadeia que envolve mais de 100 mil empregos diretos e indiretos.

A Federação da Agricultura e Pecuária de Rondônia (Faperon) realiza uma reunião nesta segunda-feira à tarde para discutir a formação de uma “mesa de crise”, formada por produtores, empresários, gestores e parlamentares, para intermediar um acordo.

O preço referencial gira em torno de R$ 1,25 no mês de abril, mas os produtores exigem no mínimo R$ 1,60. Do lado das indústrias, os empresários alegam que amargaram prejuízos há 4 meses, mantendo os preços, mas neste início de ano não foi possível absorver as perdas.

Via
Rondoniagora

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo