Deu na WEB

Com raiva, mulher com sintomas de covid-19 cospe em profissionais da saúde

Polícia foi acionada, mas ela conseguiu fugir

Uma mulher de 32 anos causou o maior problema na Unidade de Pronto Atendimento – UPA Leste da capital, Porto Velho, no final da tarde desta quinta-feira, 26. De acordo com informações da imprensa porto-velhense, ela deu entrada na unidade dizendo que estava infectada pelo vírus e reivindicava prioridade no atendimento.

Os profissionais de plantão explicaram à paciente que a unidade é uma referência no atendimento de casos relacionados ao Coronavírus no estado, e que as demais pessoas que aguardavam atendimento também estavam na mesma situação, e foi solicitado que ela esperasse um pouco mais.

Revoltada, ela passou a xingar os servidores presentes e inclusive teceu ameaças. Ela chegou a abrir a posta de acesso ao corredor principal e cuspiu em uma atendente e também contra uma técnica de enfermagem e em outros profissionais que estavam trabalhando.

A Polícia Militar (PM) foi acionada, mas quando chegou à UPA, a mulher já tinha deixado o local.

Fonte
Com informações do News Rondônia

Rômulo Azevedo

Jornalista e graduado em Marketing, atua na comunicação desde 2006. Especialista em Jornalismo on-line, com experiência em Assessoria de Comunicação e Marketing. Está na Gazeta Amazônica em busca de novas formas de se fazer Jornalismo em Rondônia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo