Política

Câmara confirma sessão extraordinária para este sábado

A pauta será em torno do veto do prefeito quanto ao reajustamento de IPTU

A assessoria de comunicação da câmara de vereadores do Município de Vilhena confirmou na tarde desta quinta-feira, 27, o que o site Gazeta Amazônica havia informado no início da manhã: os vereadores irão se reunir para deliberar acerca do veto do prefeito no projeto de lei de reajustamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

O objetivo da sessão extraordinária, a qual acontecerá neste sábado, 29, na sala da presidência do Poder Legislativo, é derrubar o veto do prefeito na emenda apresentada pelo vereador Rafael Maziero (PSDB) acerca do reajuste para pessoas que possuem apenas um imóvel.

A ideia foi acatada pelos parlamentares, mas vetada por Eduardo Japonês (PV), que quer cobrar mais impostos de todos os proprietários de imóveis da cidade.

O prefeito Japonês possui maioria na câmara de vereadores. Muito embora tenha o controle da casa, a possibilidade de o veto ser revertido é grande, uma vez que a proposta terá reflexo direto no contribuinte.

A Gazeta conversou com alguns parlamentares sobre o assunto. A maioria defende o reajuste do IPTU, porém prefere manter o projeto da forma que está. Eduardo Japonês está investindo alto na ideia, sem levar em consideração os desdobramentos do projeto em tela.

A sessão extraordinária está prevista para iniciar ao meio dia do sábado. De acordo com os vereadores, o encontro legislativo será aberto à população que queira acompanhar os debates sobre o assunto.

Foto: Divulgação

Artigos relacionados

Fechar